top of page

Sensibilização Corporal para jovens e crianças


Ministrante: Paulo Guimarães (MEME Centro Experimental do Movimento)

Data: 27 de setembro

Horário: 9h30 às 11h30

Local: Ateliê PUCRS Cultura, Av. Ipiranga 6681 - Prédio 30, Escola Politécnica - Partenon, POA

Vagas: 35

Público: 8 a 12 anos


Minibio: O bailarino e coreógrafo Paulo Guimarães é coordenador e gestor do MEME Centro Experimental do Movimento em Porto Alegre desde 2004. Integrou entre 1998 e 2003, grandes companhias brasileiras como a Quasar Cia de Dança, de Goiânia, e a Raça Cia de Dança de São Paulo. Em Porto Alegre atuou nas companhias de dança Transforma, Muovere e Anette Lubisco, além de participar como bailarino convidado do espetáculo Caixa de Ilusões, de Eva Schul com a nima Cia de Dança. Sua trajetória, envolvendo ensino e criação artística, iniciou no curso de Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (1986) ao trabalhar com crianças da periferia na pesquisa “Resgate de Brincadeiras”, que foi objeto de sua monografia de graduação. Paulo Guimarães possui formação em ballet clássico, jazz, contemporâneo, moderno, dança afro e dança-teatro, tendo como principais mestres Berenice Fuhro Souto, Susana D’Ávila, Tony Abbott, Henrique Rodovalho, Ivonice Sati, Denise Namura e Ancelmo Zolla. Participou de vários festivais nacionais e internacionais de dança, como o Biennale de la Danse de Lyon, na França, Festival de Dança de Joinville, dentre outros. Entre 2002 e 2003, Paulo lecionou na Universidade Federal de Goiás, nos cursos de Teatro e Musicoterapia, experiência que consolidou sua carreira docente e o motivou à criação de um centro de aulas e pesquisas cênicas.


Sinopse da oficina: Já pensou na possibilidade de explorar a performance como um instrumento potente de expressão das emoções, aprofundando o olhar sobre o seu corpo e tudo o que ele representa? A partir da proposição de um tema, a Oficina Montagem para crianças e pré-adolescentes oferece estímulos sobre um determinado tema ao longo da oficina, resgatando a memória corporal e emocional de cada participante, formando a composição de cenas a partir dos elementos surgidos. Além da dança contemporânea, a Oficina Montagem apoia-se em técnicas como ações cênicas, uso da voz falada/cantada e dança-teatro identificando singularidades no movimento, na voz, na expressão tendo como ponto de partida a relação sentir-expressar e o jogo cênico. A Oficina Montagem é uma técnica amplamente difundida como processo de criação artística. É utilizada pelo coreógrafo Paulo Guimarães desde a fundação do Grupo MEME, em 2004. A partir dela, foram concebidas montagens como ""BU! Um Olhar Adulto Sobre a Criança que Há em Nós"" (2004), ""Teresinhas"" (2008), ""Sobre Mulheres e Lobos"" (2012), dentre outros trabalhos que proporcionam a vivência de processos de criação partindo da experiência pessoal dos alunos.


LINK PARA INSCRIÇÕES: https://forms.gle/9XA4ZcU4XFr3v5mi7

Comentários


bottom of page