Anatomia temporária


Anatomia Temporária – performance urbana do Projeto Epiceno – RS


20/10 e 21/10, 18h30

Escadaria do Viaduto Otávio Rocha Avenida Borges de Medeiros e Rua Duque de Caxias - Centro Histórico


A experimentação de corpos que reconhecem a si mesmos como corpos falantes e que questionam o corpo socialmente construído é o ponto de partida da performance-instalação urbana “anatomia temporária”. Produzida e dirigida pela artista Carol Martins, a pesquisa de intersecção de linguagem (que une dança, circo e performance) propõe manifestar de forma crítica corpos performáticos em relação ao uso da perna de pau e a ocupação do espaço urbano.

A proposta é que cada performer (Bruno Fernandes, Consuelo Vallandro, Gabi Faryas, Guilherme Gonçalves, João Om, Jordan Maia, Marcelo Reis e Rita Spier) ocupe um andar-nicho da escadaria do Viaduto Otávio Rocha, como seu espaço para interação com a arquitetura e execução da sua vivência performática, enquanto um videoperformance será projetado nas paredes dos prédios em torno.

A performance-instalação “Anatomia Temporária” também é uma releitura do videoperformance Epiceno, contemplado pelo Edital Criação e Formação Diversidades das Culturas – realizado pela Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul (Sedac), em parceria com a Fundação Marcopolo – o trabalho foi executado com recursos da Lei Aldir Blanc n°14.017/20. Epiceno é um substantivo utilizado para designar animais com apenas um gênero (onça ou jacaré, por exemplo). A partir disso, os mesmos oito performers de “anatomia temporária” atravessaram significados pré determinados de negociação entre feminino/masculino, criando uma ficção de si mesmos. Alterando o equilíbrio e o desequilíbrio possível em pernas de paus, eles apresentam ao espectador corpos que podem ser humanos, animais, plásticos, artificiais, que alteram também sua estatura normal

"Anatomia temporária” será construída também com a colaboração de Carlota Albuquerque como provocadora em Poéticas Corporais.

Ficha técnica:

Produção e Direção: Carol Martins

Assistente de produção: Jordan Maia

Provocação em Poéticas Corporais: Carlota Albuquerque

Elenco: Bruno Fernandes, Consuelo Vallandro, Gabi Faryas, Guilherme Gonçalves, João Om, Jordan Maia, Marcelo Reis e Rita Spier

Figurino: Guilherme Gonçalves

Maquiagem: Juliane Senna

Captação, edição e montagem do videoperformance Epiceno: E-frame - Estúdio de Criação de Conteúdo Audiovisual


foto: Roger Santos

Tags: