Porto Alegre em Cena - Festival Internacional de Artes Cênicas - poaemcena

Prêmio Braskem Em Cena celebra os 10 anos apresentando sessões extras dos vencedores 2015

 

 

 

O Prêmio Braskem em Cena - premiação já considerada uma das mais importantes das artes cênicas do estado, que possibilita a grupos e artistas de Porto Alegre não apenas o merecido reconhecimento local, mas também a sua divulgação para outras regiões do Brasil - chegou a sua 10ª edição em 2015. Em comemoração, uma ação especial: sessões extras dos vencedores “As quatro direções do céu” (Cia Teatral Face e Carretos), melhor espetáculo pelo júri oficial, e “Cidade Proibida” (Cia Rústica), melhor espetáculo pelo júri popular.


A entrada é franca mediante doação de materiais de higiene pessoal, limpeza, ou fraldas infantis e geriátricas em prol dos atingidos pelas enchentes na capital. As doações devem ser trocadas por senhas duas horas antes do início do espetáculo, no próprio local da apresentação.

 

 (foto: edu rabin)

 

As quatro direções do céu

Cia Teatral Face e Carretos / teatro 

Vencedor na categoria melhor espetáculo – júri oficial

 

Dias 28 e 29 de novembro, às 20h, no Goethe Institut - Auditório

Rua 24 de Outubro 112 – Bairro Independência

 

Navegando entre a narrativa épica e o universo do melodrama circense, a obra de Roland Schimmelpfennig - As Quatro Direções do Céu - acrescenta uma aura de fatalidade à vida de personagens comuns, numa balada sobre o amor, desejos desencontrados, fantasia e morte.  Por desenvolver conflitos que podem ocorrer a qualquer pessoa, a peça se torna, pelo artifício da repetição (ou retorno), uma experiência estranhamente familiar. O enredo coloca o público diante de seres que vivem num espaço nebuloso de incerteza e medo, onde o acaso determina as suas vidas. Esta peça teve sua estreia mundial em 2011, dirigida pelo próprio autor, no famoso festival de Salzburgo, na Áustria.   O diretor Camilo de Lélis é um dos mais destacados profissionais do teatro gaúcho, com memoráveis montagens em seu currículo, como O Estranho Senhor Paulo, de Tankred Dorst e A Bota e Sua Meia, de Herbert Achternbusch.

 

Ficha técnica

Autor: Roland Schimmelpfennig / Tradução: Herta Elbern / Direção: Camilo de Lélis / Elenco: Diogo Cardoso, Maira Holzbach, Renata de Lélis, Tiago Contte/ Produção Executiva: Maira Holzbach / Assistente de Produção: Renata de Lélis / Iluminação: Fernando Ochôa / Trilha Sonora: Antonio Villeroy / Cenografia: Felipe Helfer / Figurino: Renata de Lélis / Duração: 80 min / Recomendação etária: 12 anos

 

(foto: adriana marchiori) 

 

Cidade proibida

Cia Rústica / teatro-performance 

Vencedor na categoria melhor espetáculo – júri popular

 

Dias 30 de novembro e 1º de dezembro, às 21h, na Praça do Aeromóvel Avenida Presidente João Goularte 551 - Bairro Centro

 

O espetáculo da Cia Rústica propõe a realização de intervenções cênicas em locais públicos que tornam-se proibidos durante a noite, perante a ameaça de violência potencial. Em uma composição afetiva com o espaço urbano, busca o resgate poético-social desses espaços através de ações artísticas inspiradas em saraus, serenatas, cabarés artísticos, piqueniques e ceias noturnas. A cidade como tema e cenário, o encontro como motivo e linguagem, em uma estrutura que inclui música, circo, dança e teatro. Cada intervenção reúne números individuais e coletivos dos artistas envolvidos, a partir da temática da cidade como lugar de experiência sensível, memória e redes de relações. Mais que um espetáculo, Cidade Proibida é a invenção de micro territórios de convívio em lugares públicos, no desejo de propor contribuições para um futuro renovado, em que o senso de coletividade exerça-se em plenitude.

 

Ficha técnica

Direção, concepção e dramaturgia: Patrícia Fagundes / Elenco: Ander Belotto, Camila Falcão, Di Nardi, Gabriela Chultz, Heinz Limaverde, Karine Paz, Lisandro, Bellotto, Kaya Rodrigues, Roberta Alfaya, Rodrigo Shalako, Susi Weber e Mirna Spritzer / Iluminação: Bathista Freire/Lucca Simas / Cenografia: Rodrigo Shalako / Trilha sonora, produção musical e figurino: o grupo / Duração: 60min / Recomendação etária: 14 anos

 

 

Please reload