Porto Alegre em Cena - Festival Internacional de Artes Cênicas - poaemcena

secretário da cultura / 2019

26 ANOS MARCANTES

 

Há pouco li um texto teatral onde o personagem central, diante das inúmeras dificuldades enfrentadas, começa a elaborar uma lista com pequenas e grandes coisas sensacionais, "todas as coisas que brilham", como se fosse necessário um inventário de coisas que fizesse a vida valer a pena. A lista é comovente e certeira. Nesses dias difíceis que atravessamos, em que arte e artistas parecem alvo de ataques disparatados, pensei em seguir o exemplo do personagem. Na minha lista, certamente o "Porto Alegre em Cena"  teria um lugar de destaque maiúsculo.

 

Ao longo desses 26 anos de existência, o festival tem sido motivo de sentimentos contraditórios, alegrias sublimes e preocupações gigantescas. Porque o inventário de sua presença na vida cultural porto-alegrense não pode ser desconsiderado por ninguém. E, sim, acredito que se possa contabilizar como uma de suas contribuições reais o desenvolvimento da produção cultural local. A circulação da informação cênica que o Em Cena proporciona aos nossos artistas é imensa, importantíssima. Mas seria injusto priorizar o que o festival oportuniza apenas aos criadores cênicos. O principal alvo, a meta final do festival, é o público da cidade. As lotações esgotadas, a procura por ingressos, a cobertura da imprensa, tudo se soma para que os resultados sejam entusiasmantes e positivos. A cidade, aliás, desde o nome, é a grande parceira e avalista do Porto Alegre em Cena.

 

Falando em parcerias, é importante e urgente agradecer aos patrocinadores e apoiadores do festival, sem os quais o Em Cena não teria chegado onde chegou. Hoje um dos mais conhecidos e respeitados eventos teatrais do país, porque se reinventa a cada edição, nosso festival segue em frente. Entre chuvas, trovoadas e dias de sol. Com tempo bom ou tempo ruim, quando chega setembro somos invadidos pela necessidade de conferir as atrações programadas, acompanhar o máximo possível a "gincana" proposta pela Coordenação de Artes Cênicas da SMC. Como testemunha privilegiada dessa história toda, registro aqui o trabalho da equipe atual, capitaneada com entusiasmado por Fernando Zugno. Credite-se a ele, a eles, com sua paixão teimosa e persistente, a qualidade de uma programação sem dogmas ou preconceitos.

 

26 anos marcantes. Esse é o saldo conciso de um evento solidamente incorporado ao calendário de Porto Alegre. Que a cidade continue a desfrutar, partilhar, acompanhar e defender o festival, como tem feito até aqui. Vida longa ao Em Cena!

 

LUCIANO ALABARSE

Secretário Municipal da Cultura